sexta-feira, agosto 30, 2013

E... A MÍDIA CANALHA E OS APOCALÍPTICOS PERDERAM... DE NOVO.... CHOREM.... CHOREM....

Apesar do terrorismo econômico, PIB cresce 1,5% no segundo trimestre...

Economia brasileira cresce 1,5% no segundo trimestre, aponta IBGE

30/08/2013 – 9h00

Vitor Abdala

Repórter da Agência Brasil

Rio de Janeiro – A economia brasileira cresceu 1,5% no segundo trimestre deste ano, em relação ao trimestre anterior. O Produto Interno Bruto (PIB), que é a soma de todos os bens e serviços produzidos no país, totalizou R$ 1,2 trilhão no período de abril a junho, segundo dados divulgados hoje (30) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

No primeiro trimestre, o PIB havia crescido 0,6% em relação ao trimestre anterior. Pelo lado da produção, o principal destaque foi a agropecuária, que teve alta de 3,9% no trimestre em relação ao trimestre anterior. Também registraram crescimento os setores da indústria (2%) e serviços (0,8%)

Pelo lado da demanda, houve crescimento na formação bruta de capital fixo – que representa os investimentos, de 3,6%, no consumo do governo (0,5%) e no consumo das famílias (0,3%). As exportações tiveram alta de 6,9%, enquanto as importações subiram apenas 0,6% no período.

Na comparação com o segundo trimestre de 2012, o PIB teve crescimento de 3,3%. A economia também cresceu 2,6% no acumulado do ano e 1,9% no acumulado de 12 meses.

******

Relembrando:

Guido Mantega reafirma que inflação está sob controle e critica “terrorismo midiático”

09 Mai 2013

do site do PT na Câmara

A bancada do PT reuniu-se na manhã desta quinta-feira (9) para ouvir do ministro da Fazenda, Guido Mantega, as perspectivas da economia brasileira para 2013 e 2014. O ministro apresentou para os parlamentares um quadro favorável ao Brasil apesar da crise internacional que se alastra ao longo dos anos. O ministro foi enfático ao afirmar que a inflação está totalmente sob controle e classificou como “terrorismo midiático” a abordagem que alguns veículos de comunicação estão dando ao assunto.

“A inflação do Real foi mais alta”, lembrou Mantega, reafirmando que nos últimos anos o Brasil sempre cumpriu a meta estabelecida para a inflação, ao contrário do que acontecia anteriormente. De fato, Fernando Henrique Cardoso deixou o governo com o índice de Preço ao Consumidor Amplo (IPCA) na casa dos dois dígitos, com 12,5%.

Pela análise do ministro, o que falta no mundo é mercado consumidor. “O comércio mundial está travado”, disse. Ele informou que o comércio mundial vinha crescendo entre 15 e 16% ao ano, mas no ano de 2012 cresceu apenas 0,6%.

Conforme explicou Mantega, o fato afeta as economias que dependem das exportações para crescer como, por exemplo, a China, Alemanha, Japão e países asiáticos. Com isso, a concorrência internacional fica mais acirrada. O resultado dessa conjuntura leva a um alto índice de desemprego nos países avançados. Na Europa a taxa média de desemprego é de 12,1%, mas há países como Espanha e Portugal que enfrentam o desemprego da ordem de 25 a 27%. “Isso é um contraste com a situação do Brasil”, disse o ministro, lembrando que o índice de desemprego no país é um dos mais baixos dos últimos tempos, fechando em março de 2013 em 5,7%.

Mantega explicou que o modelo seguido pela maioria dos países é o de fazer o chamado ajuste tradicional, ou seja: recessão, redução de salários e de benefícios. “O Brasil optou por outro caminho, com estímulo à economia, à manutenção do emprego e investimentos em infraestrutura”, disse o ministro, destacando que o Brasil gerou nos últimos dez anos 19,3 milhões de empregos. “Não houve crise para os trabalhadores brasileiros”, afirmou.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...