sábado, dezembro 15, 2012

SEIS MESES DEPOIS.... O PIOR GOVERNADOR CATARINENSE... REPASSA PARA OS MUNICÍPIOS...OS 113 ONIBUS QUE O GOVERNO FEDERAL ENVIOU PARA SANTA CATARINA.... SEIS MESES DEPOIS....

E... NÃO ME VENHAM COM ESSA DE QUE A CULPA É DA LEGISLAÇÃO ELEITORAL... CONTEM OUTRA... é incompetencia.. e das grandes.... seja do Executivo... ou do judiciário.. ou de ambos.. já que... aqui no Estado... são unha e carne..

INCOMPETÊNCIA E NADA MAIS...

Heis aqui a explicação correta:

O termo de compromisso para aquisição dos ônibus foi assinado pelo secretário de Estado da Educação, Eduardo Deschamps, no dia 27 de junho, em Brasília. Os recursos, de R$ 17,5 milhões, foram conseguidos pelo Governo Federal, através do Programa Caminhos da Escola, que doaria os veículos ao Estado.

Porém, um decreto estadual de 2009 proibia a aquisição de materiais e serviços sem licitação. No início de agosto, o Executivo catarinense assinou uma nova resolução para abrir uma exceção ao governo federal, por se tratar de um benefício público. Assim, poderia ser realizado o pregão eletrônico, que teve como vencedora uma empresa sediada em Palhoça. Outros dois ônibus seriam repassados pela Volkswagen.

Resolvido esse impasse, no dia 30 de agosto, o secretário de Educação assinou o contrato com essa empresa para aquisição dos ônibus, produzidos especialmente para atender a demanda do Estado.

Três meses depois da assinatura do termo de compromisso e um mês após a assinatura do contrato, a explicação para que os ônibus continuem no pátio do estacionamento palhocense agora é outra burocracia: a legislação eleitoral.

Vejam a noticia abaixo
(...)

Governo Federal repassou 133 ônibus aos municípios catarinenses
Publicado em sábado, 15 de Dezembro de 2012 às 09:30:53 por Loreno Siega

No pátio de uma empresa em Palhoça há seis meses, os 133 ônibus do programa "Caminho da Escola", do Ministério da Educação, foram repassados aos municípios catarinenses na manhã desta sexta-feira (14/12). A solenidade, que deveria acontecer em frente ao Centro Administrativo, em Florianópolis, foi transferida de última hora para o auditório devido a manifestação de servidores da saúde em greve.

O deputado federal Décio Lima (PT), presidente da bancada parlamentar catarinense, falou em nome dos demais parlamentares. É que os ônibus foram adquiridos através de emenda coletiva da bancada parlamentar federal. E destacou a importância da união dos deputados nos pleitos. “Mais que um evento, é um acontecimento, porque os 16 deputados e os três senadores foram unânimes nesta emenda. E outras mais haverão de ser empenhadas em prol do povo catarinense”, afirmou.

Cada ônibus custou R$ 132 mil e o investimento total foi da ordem de R$ 17.5 milhões. O presidente da Amures, Luiz Paulo Farias, pousou para fotos com o governador e os deputados segurando uma maquete dos ônibus, que foi entregue de forma simbólica, pois as chaves foram retiradas no estacionamento em Palhoça.

O presidente da Amures lembrou que hoje a maioria dos municípios paga transporte terceirizado. E por ser a região a mais extensa do Estado, os ônibus são muito importantes para o transporte de alunos. “Demorou um pouco, mas finalmente entregaram os ônibus”, comemorou Luiz Paulo Farias.

A maioria dos ônibus estava sem bateria devido ao longo tempo em que ficaram parados (em função das proibições da legislação eleitoral). Até o final da tarde havia motoristas fazendo ligação com bateria externa para funcionar os ônibus. Os municípios contemplados com os ônibus da região são Bocaina do Sul, Bom Jardim da Serra, Campo Belo do Sul, Cerro Negro, Correia Pinto, Otacílio Costa, Painel, Ponte Alta, São Joaquim e São José do Cerrito.

O governador Raimundo Colombo elogiou ação dos deputados e lamentou a burocracia que atrasou as entregas. E adiantou que em fevereiro de 2013 haverá um grande encontro com todos os prefeitos do Estado para conheceram as ações prioritárias do governo para os dois anos subsequentes.

Onéris Lopes - Assess. de Imprensa da Amures

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...